Investimentos em um Mundo Moderno: Evolução do Mercado

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Sem deter-se profundamente nas causas dessa sucessão de crises, forte­mente impactadas pelo processo de globalização econômica, pode-se destacar que houve unia clara pasteurização do cenário econômico global, como conse­quência da profunda interdependência das economias dos países emergentes.

Tal situação trouxe para o cenário dos mercados algumas lições que foram incorporadas às políticas de estabilização dos diversos países, com profundas transformações nos seus mercados internos.

Afetadas direta ou indiretamente pelas transformações decorrentes dessa sucessão de crises, economias mais ou menos desenvolvidas viram-se na con­tirigência de abrirem ainda mais seus mercados, reduzindo barreiras tarifárias, incentivando a competição e impondo maior competitividade interna.

Terceiro Mundo

Assim, sucessivamente, México, Chile, Argentina e Brasil, para citar al­guns países latino-americanos, pressionados pelo nível de dependência do Es­tado e do débito público, impuseram aos fabricantes de bens de consumo, em particular, e varejistas e mercado financeiro.

De forma geral, desafios na,incor­poração de novas práticas, modernização dos processos, melhoria de produti­vidade, incorporação de controle e de novas tecnologias, que transformaram de modo radical e estrutural as condições de mercado. –

Se no curto prazo esse cenário trouxe um processo de depuração de mer­cado, eliminando empresas menos competentes, com evidentes reflexos no ni­vel de desemprego, analisado em uma perspectiva de longo prazo ele acabou construindo as bases para mercados menos dependentes dos governos e mais competitivos globalmente.

investir-tesouro

 

A mudança de um ambiente com forte dependência do Estado para um cenário de maior participação do setor privado, através de profundas reformas, equilíbrio fiscal e privatizações, suscitou em todos esses países um aumento dos investimentos internacionais, com ampliação da participação dos conglomera­dos econômicos globais nas economias regionais, ampliando essa percepção de pasteurização.

Cidadãos desses países passaram a investir em renda fixa, variada, comprar ações diversas de empresas públicas e até mesmo investir no tesouro direto. Está gostando? Então leia nosso análise de cursos de investimentos: tesouro direto descomplicado.

Investimentos no novo milênio

O mundo, ao final da década de 90, pensava de maneira cada vez mais similar na economia, nas empresas, nas políticas, no comportamento, nas mar­cas e nas percepções, inclusive na valorização da individualidade como forma de criação de diferenciais competitivos.

Valores, conceitos, práticas, instrumentos, tecnologia, processos e siste­mas tornaram menores as diferenças no comportamento das empresas e nos níveis de exigência dos consumidores, ainda que separados por um abismo de renda e custo de capital que insiste em aprofundar-se, criando frustrações e também oportunidades.

Por outro lado, a pasteurização econômica ajudou a evidenciar as diferenças nacionais e regionais entre países e mercados. Inúmeros são os casos de grandes empresas de sucesso que enfrentaram dificuldades em mercados espe­cíficos, pela dificuldade em compreender realidades locais e em adaptar pro­dutos, serviços, formatos e comunicação

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *